Informativo Mundial das Missões – 17/02/18
14 de fevereiro de 2018
Provai e Vede – 24/02/18
18 de fevereiro de 2018

Divisão irá lançar filme que faz paralelo entre história de Cristo e sequestro na Amazônia

A Divisão Sul-Americana fez parceria com a produtora Seven Filmes para fazer esse filme (trailer abaixo). O Liberto parece um baita filme. Pelo que percebi o ator principal é aquele do Tropa de Elite que virou Adventista. Fiquei interessado. Parece muito bom. Ele, o filme, faz um paralelo entre a história de Cristo e um sequestro na Amazônia.

Coisa boa que a igreja está produzindo. Usando todos os meios para alcançar as pessoas.

Hoje todo mundo assiste filme e serie, principalmente os jovens. SE você acha que não, é porque não sabe a realidade que os jovens vivem hoje. Tenho amigo que assiste 12 series por semana, uma loucura. Por isso, a igreja investir em produções assim, ficção mas com contexto espiritual, é fundamental.

Então se você quer ajudar os jovens e apoiar projetos como esse. Clique no link abaixo e assista o trailer. Hoje o trailer estava somente com 7 mil visualizações. Vamos apoiar, divulgando a assistindo!

E não vejo a hora de assistir esse filme em Março. Que tal uma pipoca com esse filme na sexta à noite?

Tom de locutor de cinema: “Em março, na tua TV”.

Leia o release enviado pela divisão:

Uma trama ambientada na região amazônica sobre tráfico humano deve traçar um paralelo com o ministério de Jesus Cristo retratado na Bíblia. A produção Libertos – O Preço da vida (com aproximadamente 1 hora e 25 minutos) será lançada em março de 2018 e promete levar o espectador a uma reflexão sobre o conceito de liberdade.

O filme apresenta seres humanos que são negociados como mercadorias. Nesse contexto, Emanuel, um médico voluntário, (vivido pelo ator André Ramiro, de Tropa de Elite), tem como missão pessoal atender a população ribeirinha e tribos da Amazônia.  Ele, no entanto, torna-se uma ameaça potencial para a quadrilha especializada em tráfico humano. Casimiro, o líder do bando é egoísta, manipulador e não aceita que ninguém cruze o seu caminho.

A roteirista e produtora Luciana Costa explica que se trata de uma produção que estabelece um paralelo entre uma narrativa dramática e momentos da passagem de Jesus Cristo por esse mundo. “O filme vai emocionar e, principalmente, levar os espectadores a uma reflexão mais profunda sobre sua própria vida e seu futuro e a terem uma experiência real com Cristo.”, comenta.

O longa-metragem é uma produção da Seven Filmes em parceria com a Igreja Adventista do Sétimo Dia que se encarrega da distribuição do material não apenas no Brasil, mas em outros países sul-americanos.

Comentários com Facebook
Daniel Gonçalves
Daniel Gonçalves
Idealizador do blog